sábado, 3 de setembro de 2011

PLANTA TÓXICA: SAMAMBAIA, aqui tem muito...


A SAMAMBAIA (Pteridium aquilinum) é uma planta que na nossa região se encontra principalmente dentro e nas beiradas das matas em locais úmidos e é uma planta típica de solos ácidos.
 Como aqui a maioria das propriedades tem algum terreno em forma de morros e na época da colonização tudo era lavoura, consequentemente que essas terras inclinadas foram lavadas pelas chuvas e enfraquecidas pela modo da agricultura antiga feita com arado e o uso intensivo do fogo. Hoje em locais que não se usa mais para plantar, a samambaia se encontra em grande quantidade e o problema surge quando essas mesmas áreas são destinadas para a criação de animais. Normalmente os animais demoram um tempo para apresentar os sintomas (efeito cumulativo dos princípios tóxicos), mas a história sempre fecha pela confirmação do produtor de ter samambaia na propriedade e em locais onde ficam os animais. De todas as formas que se apresenta essa intoxicação, a forma crônica é a mais comum nas vacas de leite por aqui, com o aparecimento de sangue na urina (hematúria enzoótica) e emagrecimento progressivo até cair e não levantar mais de fraqueza. Segundo pesquisadores, ela possui uma tiaminase do tipo I, que é metabolizada para outras substâncias como o fator de anemia aplástica, fenóis, tiazol, pirimidina, ácido cinâmico, chiquímico e fator determinante de hematúria. As intoxicações ocorrem mais quando os animais estão com fome, habituados a comer a planta, em fenos contaminados com a mesma, ou no caso de bovinos que recebem escasso material fibroso. Uma única vez encontramos tumores na faringe de uma vaca e a mesma tinha dificuldade de respirar. Na necrópsia o que mais vimos são pequenos nódulos na mucosa da bexiga e nestes, pequenos sangramentos. Não há tratamento eficaz e o produtor acaba perdendo os animais. Nos produtores mais cuidadosos esse problema não ocorre porque as pastagens são limpas de invasoras e os animais não permanecem nesses locais de alta concentração de samambaia a procura de pasto.
   BEXIGA COM COÁGULOS DE SANGUE
 
LESÕES NODULARES NA MUCOSA DA BEXIGA
 


OUTRO CASO 



PARTE INTERNA DA BEXIGA


Nesses dois casos os animais apresentavam toda a sintomatologia característica da intoxicação por samambaia e pastavam em locais com alta concentração dessa planta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário